Allan dos Santos deixa o país e denuncia plano para derrubar Bolsonaro

Jornalista gravou um vídeo onde faz acusações a membros do STF. ‘Eles fizeram de tudo para criminalizar o presidente’

 

O jornalista Allan dos Santos, do canal e site Terça Livre anunciou por meio de um vídeo que está fora do país. Segundo ele, a mudança foi para preservar a integridade física dele e de sua família. No vídeo ele diz:

“Se alguma coisa acontecer comigo ou com minha família só veio dessas pessoas e grupos:  Embaixada da China em Brasília, a Embaixada da Correia do Norte, do Kakay, que é do Partido dos Trabalhadores, do Barroso e do Alexandre, não tem como vir de outra pessoa” disse.

O jornalista ainda faz uma denúncia grave, de acordo com ele, forças políticas querem cassar o presidente e estão utilizando grampos.

“Estão fazendo escuta telefônica, fizeram duas buscas e apreensões na minha casa para colocar escuta telefônica, e ninguém teve duas apreensões, a minha casa foi a única, porque colocaram a escuta na primeira e retiraram na segunda, provavelmente. Então eles fizeram de tudo que pudessem para criminalizar o presidente Bolsonaro e utilizar isso no TSE, quebraram meu sigilo bancário, eles são criminosos e não respeitam a democracia”

O jornalista também participou de um live nesta quinta-feira (31), e afirmou que os ministros tem votos certos para cassar o presidente, que existem três maletas que são usadas para escuta telefônica, e que o ministro Luís Roberto Barroso tem ciência delas e não avisou às autoridades.