George Soros despeja US$50 milhões nas eleições americanas desse ano

O partido Democrata (esquerda) está arrecadando milhões de empresários comunistas para tentar neutralizar Donald Trump.

Matéria do dia 30/07/2020 - Publicada por Terça Livre TV

Nas eleições dos Estados Unidos, que acontecerão no próximo mês de novembro e que decidirão sobre a reeleição de Donald Trump e a nova composição do congresso, o bilionário e ativista George Soros quebrou um recorde pessoal e aumentou o volume de dinheiro doado à esquerda americana em comparação ao pleito de 2016.

Soros já investiu cerca de US$50 milhões de dólares em Comitês de Ação Política (Political Action Committees – PACs), US$30 milhões a mais do que quatro anos atrás.

“Soros aumentou seus gastos políticos neste ciclo através dos Democracy PAC, que ele criou no ano passado para injetar grandes quantias nos cofres de outros grupos de esquerda. Novos registros da Comissão Federal de Eleições mostram que o PAC distribuiu quase US$ 17 milhões no último trimestre, elevando seus desembolsos totais em dinheiro neste ciclo para US$ 48 milhões. Soros doou outros US$ 4 milhões diretamente para campanhas e comitês democratas sem primeiro depositar o dinheiro em seu PAC. O fluxo de caixa de US$ 52 milhões é mais do que o dobro da alta anterior de Soros, de US$ 22 milhões, que ocorreu durante a última eleição presidencial”, escreveu o The Washington Free Beacon.

Das gordas cifras acima, que são destinadas exclusivamente à promoção de candidatos aos cargos políticos, estão excluídos os corriqueiros gastos “filantrópicos” por meio da ONG Open Society Foundations, fundada por Soros e que se ocupa na promoção dos mais variados movimentos de esquerda mundo afora.

Ajude a manter a nossa página atuante e nossas matérias diárias, faça sua doação: 

Banco Bradesco          
Agência: 5306
Conta: 22591-6
CPF: 904.070.671-91

Banco Caixa Econômica
Operação: 013    
Agência: 1568
Conta: 47823-0
CPF: 028.459.011-86