Grupo anuncia invasão do TSE

Grupo hacker exibe base de dados do Tribunal Superior Eleitoral e demonstra vulnerabilidade do sistema

Hoje (15), em pleno dia de eleições municipais, o grupo hacker Cyber Team anunciou ter invadido os servidores do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Para comprovarem a invasão, os hackers exibiram nas redes sociais parte da base de dados do sistema do TSE. A exibição das informações internas demonstra a vulnerabilidade do sistema de apuração eleitoral. Nas últimas semanas, o Cyber Team realizou vários ataques a órgãos públicos com o CNJ, o TJPA e o DataSUS do Ministério da Saúde.

Segundo os invasores do TSE, a publicação dos dados não possui conotação política; serve apenas para desmentir o tribunal, que garante não ter sofrido ataque algum e insiste em afirmar a confiabilidade do sistema.

A propósito, o presidente do TSE, Luis Roberto Barroso, que voltou dos EUA tecendo loas ao sistema eleitoral brasileiro, concedeu nesta semana uma entrevista à IstoÉ — aquela mesma que criou o personagem Bolsoringa — na qual fez a seguinte declaração:

“Nunca se documentou nenhum episódio de fraude em relação às urnas eletrônicas desde que entraram em funcionamento, em 1996. Portanto, até aqui elas se revelaram confiáveis, ao contrário do que acontecia com o voto em papel, quando foram registradas muitas fraudes. Portanto, até que alguém me traga algum elemento que prove o contrário, eu confio no nosso sistema de votação”.  

Presume-se que o hackeamento do TSE seja o elemento em contrário solicitado por Barroso. Será que agora o voto impresso sai?

 

Fonte : Brasil sem medo