Moraes, Maia e vice de Doria são flagrados em reunião fora da agenda em SP

Encontro foi registrado em uma churrascaria localizada na capital paulista.

Imagens do encontro. Reprodução / Web

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, o deputado federal Rodrigo Maia e o vice-governador de São Paulo, Rodrigo Garcia (PSDB-SP), foram flagrados reunidos nesta segunda-feira (9). O encontro, fora da agenda oficial, ocorreu em em uma churrascaria na região dos Jardins, em São Paulo.

Rodrigo Maia concedeu uma entrevista à CNN Brasil no mesmo dia, fazendo inúmeras críticas ao presidente Jair Bolsonaro, ao passo que defendia os ministros do STF. O ex-presidente da Câmara chegou a chamar Bolsonaro de “covarde”.

– [Bolsonaro] ataca o ministro Barroso e tem pouca coragem de atacar o ministro Moraes. [Isso] prova uma covardia dele, porque sabe que o ministro que relata os inquéritos das fake news, atos antidemocráticos, é o ministro Alexandre de Moraes… mostra que ele não é tão corajoso – declarou.

Maia também insinuou que Bolsonaro pretende dar um golpe e para isso estaria agindo de forma provocativa.

– É covarde e, no fundo, quer gerar uma instabilidade pra que alguém ataque ele com mais força, que seja no judiciário, no Congresso, pra ele tentar dar um contragolpe – afirmou.

As imagens do encontro do trio, obtidas pelo site Brasil Sem Medo, repercutiu nas redes sociais, com dois principais pontos sendo levantados: o fato de o encontro ter sido na véspera da votação da PEC do voto auditável; todos os três são opositores de Jair Bolsonaro.

Com informações do Pleno News.