Twitter suspende contas de bolsonaristas após decisão de Moraes

O presidente do PTB Roberto Jefferson e o blogueiro Allan Santos estão entre os atingidos; a assessoria do STF confirma que a suspensão se deu após decisão do ministro

Matéria do dia 24/07/2020 - Voluntários do MS Conservador

A rede social Twitter suspendeu contas de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro nesta sexta-feira (24) após decisão do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF). Entre os perfis apagados estão o do presidente do PTB Roberto Jefferson, do blogueiro Allan Santos, dos empresários Luciano Hang, Edgard Corona, Otávio Fakhoury, Bernardo Küster e Sara Winter.

Os nomes atingidos nesta sexta foram alvos de busca e apreensão em maio, em um desdobramento do inquérito das fake news. Na época, Moraes havia determinado o bloqueio das redes sociais para 16 investigados no inquérito aberto pela própria Corte para apuração de disseminação de informações falsas e ameaças contra ministros. A assessoria de imprensa do STF confirmou à Jovem Pan a informação de que as contas foram suspensas após decisão de Moraes, proferida em 27 de maio. Em nota, o Twitter afirma que agiu “estritamente em cumprimento a uma ordem legal proveniente de inquérito do Supremo Tribunal Federal (STF)”. Ainda no mês de maio, após ser alvo do inquérito, o deputado Roberto Jefferson disse em entrevista exclusiva ao Os Pingos Nos Is, que a busca e apreensão em sua casa tratou-se de uma “ação mandatória” de Moraes.

Fonte: Jovem Pan

Faça parte do nosso Apoi.se: https://apoia.se/msconservador

MS Conservador não aceita dinheiro público e muito menos financiamento de políticos e partidos políticos, somos um grupo de voluntários atuando para levar sempre a verdade e o crescimento do conhecimento conservador.

Ajude a manter a nossa página atuante e nossas matérias diárias, faça sua doação: 

Banco Bradesco           
Agência: 5306
Conta: 22591-6
CPF: 904.070.671-91

Banco Caixa Econômica
Operação: 013    
Agência: 1568
Conta: 47823-0
CPF: 028.459.011-86